< Voltar

Projeto de Muay Thai para jovens carentes é lançado em Santa Cruz

Publicada dia 12/08/2019 às 16:15:46

Renan Alves

projeto-de-muay-thai-para-jovens-carentes-e-lancado-em-santa-cruz

O Projeto “Do Ring para a Vida”, foi inaugurado na noite de sábado, 10, em Santa Cruz do Rio Pardo. A iniciativa é uma parceria da academia Chute Boxe com a empresa Global Seguros e vai beneficiar 15 crianças e adolescentes de baixa renda, que receberão treinamentos de “Muay Thai”, equipamentos, uniformes e acompanhamento pedagógico.

Um dos maiores objetivos é dar mais chances às crianças e de descobrir futuros talentos no esporte, gratuitamente. “Na realidade, eu vi essa iniciativa no Rio de Janeiro (RJ), há cinco anos, pois um colega meu das artes marciais de lá já tinha esse empreendimento bem organizado e falei que um dia queria fazer um desses aqui na cidade. Aí umas crianças nossas participaram de um campeonato e a partir disso, este grupo de empresários achou interessante às histórias das crianças e eles me procuraram para a gente fazer uma reunião, eu expliquei sobre o propósito das artes maciais e eles fecharam”, relata Marcelo Furtado, o Furioso.

A iniciativa é toda financiada pela empresa, e com tempo indeterminado. A faixa etária dos atendidos é entre 5 e 17 anos, “Acredito que esse número pode aumentar com o desenvolver do projeto, eu estou muito feliz, tem tudo para dar certo”, afirma. As aulas começam nesta terça-feira, 13.

Transformação pelo esporte

As famílias das crianças e jovens beneficiados também estiveram presentes no lançamento. Marcelo Furtado fez questão de frisar a importância que elas terão para motivar seus filhos, cobrando disciplina e bom desempenho escolar, para que eles possam seguir no projeto. Alguns pais falaram da transformação que o esporte já promoveu na vida das crianças. É o caso de Diego Raimundo, 36, pai do garoto Davi, de 8 anos. “Ele treina há quase 3 anos. O Davi tem um gênio forte e não sabia compartilhar com os colegas. A professora Noriko Izumi Kawabata – que também faz parte do projeto – me orientou a colocar ele na luta. A transformação do Davi foi radical. Hoje ele entende os colegas, divide e é outra criança dentro de casa”, afirmou.

Para o Capitão da Policia Militar Lucas Franciscon, o projeto “Do Ring Para a Vida” é um exemplo a ser seguido. “Vai ajudar muito Santa Cruz. É importante termos pessoas querendo contribuir nossa sociedade. É uma iniciativa que afasta os jovens das coisas erradas, cria disciplina e faz com que enxerguem um futuro promissor”, disse.

Uma das mais emocionadas durante o evento, a empresária Kelly Garcia dos Santos afirmou que a intenção da empresa é aumentar o investimento em iniciativas que gerem retorno social. “Ficamos apaixonados pelo projeto do Marcelo desde o primeiro contato. Tínhamos a intenção de apoiar algo nessa linha em São Paulo, mas lá a burocracia às vezes atrapalha. Quando conhecemos a seriedade e os resultados do trabalho dele em Santa Cruz percebemos que era praticamente um sinal”, declarou.

Os 15 jovens que foram selecionados para a primeira etapa do “Do Ring Para a Vida” frequentam equipamentos da assistência social do município, como o Cras e o Creas, ou participam da Ong Acogelc.

Compartilhar nas redes sociais