< Voltar

São Paulo convoca médicos voluntários e anuncia 'operação de guerra'

Publicada dia 08/03/2021 às 16:37:44

Governo de São Paulo

sao-paulo-convoca-medicos-voluntarios-e-anuncia-operacao-de-guerra-

Renan Alves


O secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn, pediu que profissionais da saúde, como médicos, enfermeiros e fisioterapeutas se voluntariem para trabalhar no cuidado de pacientes com Covid-19 em São Paulo. "Estamos em guerra", disse Gorinchteyn, ao falar sobre a situação da pandemia no estado em coletiva na tarde desta sexta-feira, 5, no Palácio dos Bandeirantes, no Morumbi.

Ele ainda pediu apoio às entidades e classe, como Cremesp (Conselho Regional de Medicina do Estado) e Coren (Coselho Regional de Enfermagem), para indicação desses voluntários. "Quero aproveitar aqui e conclamar aqueles profissionais da saúde que atenderam naquela primeira fase, na primeira onda do Covid, para que voltem a nos ajudar. Tragam as suas experiências, tragam a sua ajuda para a gente poder acolher e atender a nossa população."

Segundo o secretário, as equipes da linha de frente vão trabalhar como em uma "operação de guerra" em hospitais, colocando pacientes de extrema gravidade em UTIs e verificando quem pode ficar em outras áreas das unidades. Para isso, diz Gorinchteyn, o governo tem distribuído respiradores e ampliado a oferta de oxigênio para os serviços de saúde.

O secretário ainda afirmou que serão abertos novos leitos nos espaços disponíveis dos hospitais, se necessário nos corredores, para que nenhum paciente fique sem assistência.

Em Santa Cruz do Rio Pardo a Santa Casa de Misericórdia publicou uma nota no dia 24 de fevereiro pedindo para médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem entregarem seus currículos na Secretaria de Saúde.

Segundo a administradora do hospital, Rosangela Alvim, a publicação aconteceu para substituição de profissionais que pediram suas demissões e para banco de cadastro. “Estamos em processo de seleção, chamando conforme necessidades. Técnicos de enfermagem ainda estamos precisando. Na próxima semana já haverá a entrada de novos profissionais”, afirmou.

Compartilhar nas redes sociais