Jornal Atual
< Voltar

Doria diz que máscara segue obrigatória até o fim do ano em SP

Publicada dia 17/08/2021 às 16:26:20

doria-diz-que-mascara-segue-obrigatoria-ate-o-fim-do-ano-em-sp


As restrições de horários e capacidade de estabelecimento comerciais chegaram ao fim no estado de São Paulo nesta terça-feira (17), após quase um ano e cinco meses desde que a quarentena para combater o coronavírus foi decretada. O uso de máscaras, no entanto, permanece obrigatório em todo o estado até, pelo menos, o final deste ano.

A partir desta terça, comércios e serviços de todos os setores econômicos não terão mais limite de horário e nem de capacidade de ocupação de público. Há apenas a recomendação para que aglomerações sejam evitadas. Também serão liberados eventos sociais, culturais e feiras corporativas com controle de público. Continuam proibidos, por ora, apenas shows com público em pé, pistas de dança e torcida em estádios de futebol. Estes eventos devem ser autorizados em 1º de novembro.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), admitiu nesta terça que novas flexibilizações ainda podem ser anunciadas até o final do ano. No entanto, ele reforçou que mesmo nas próximas etapas, o uso de máscara continuará sendo obrigatório.

Especialistas criticam o fim das restrições e dizem que a flexibilização foi iniciada antes que a maioria da população estivesse imunizada com as duas doses da vacina contra a Covid-19. Além disso, eles afirmam que os indicadores da pandemia mostram que a propagação da doença ainda está fora de controle e há preocupação com o avanço da variante delta do coronavírus no país.

Anteriormente, o governo chegou a dizer que os eventos só seriam liberados no estado após o resultado de testes controlados, realizados até o fim do ano em parceria com a gestão estadual. Mas a gestão estadual voltou atrás desta orientação e passou a permitir a reabertura deste setor mesmo sem testagem.

O que volta a funcionar sem restrição de horário?

Restaurantes, bares, cafés e lanchonetes;
Lojas, shoppings, galerias e outros comércios não essenciais;
Salões de beleza, barbearias e clínicas de estética;
Museus, cinemas, teatros e shows com público sentado;
Academias de ginástica, clubes e centros esportivos.
Serviços essenciais como supermercados, postos de gasolina, bancos e farmácias já estavam autorizados a operar em qualquer horário.

O que continua proibido?

Shows com público em pé;
Pistas de dança;
Torcida em estádios.

O uso da máscara ainda é obrigatório?

Sim. O uso da máscara continua sendo obrigatório no estado de São Paulo em todos os ambientes. A gestão estadual também recomenda que o distanciamento social e os protocolos de higiene sejam mantidos.

É permitido circular à noite?

Sim. A restrição de circulação noturna ("toque de restrição"), que valia das 23h às 5h, foi suspensa em 1º de agosto em todo o estado. 

A nova flexibilização vale para todo o estado?

Sim. A liberação total do comércio está autorizada para todos os 645 municípios do estado, mas as prefeituras têm autonomia para decidir adotar medidas mais duras.

Compartilhar nas redes sociais