< Voltar

Quanto custa um voto em Santa Cruz? Veja o valor gasto pelos políticos eleitos

Publicada dia 15/12/2020 às 11:10:23

Reprodução

quanto-custa-um-voto-em-santa-cruz-veja-o-valor-gasto-pelos-politicos-eleitos

Renan Alves


Cada voto obtido pelo prefeito eleito de Santa Cruz do Rio Pardo, Diego Singolani (PSD) “custou” R$ 7,74, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Esse é o valor da razão entre a receita arrecadada pela campanha e os votos que ela obteve. Em Santa Cruz do Rio Pardo, o custo por voto para ser eleito, neste ano, variou de R$ 0,60 até quase R$ 40. 

Quem foi mais “eficiente” nos gastos foi Juninho Souza (Republicanos), que investiu R$ 317,50 na campanha. Conhecido por realizar vídeos nas redes sociais e se autodenominar como fiscal do povo, não precisou mais do que isso para ser eleito. Cada voto obtido por Juninho custou R$ 0,60.

Na outra ponta está o vereador Lourival RX (Solidariedade) que investiu mais de R$ 12 mil na campanha e obteve 326 votos (R$ 38,69 por voto). O vereador foi reeleito para seu segundo mandato e foi a aposta do partido Solidariedade, que enviou R$ 10.870,00 para ajudar na campanha.

O fato de ter sido o vereador mais votado, com 837 votos, derrubou o custo de Mirtão de Caporanga (PL): R$ 1,05.

Quem mais obteve receita nas eleições foi vereador reeleito Cristiano Miranda (PSB), em sua declaração o político recebeu R$ 13.685,50. Só de uma jornalista do município, Miranda recebeu R$ 5 mil em doação. Seu custo por voto foi de R$ 20,09, o segundo mais caro.

Entre as despesas dos candidatos estão gastos com materiais impressos, administração de redes sociais, escritórios de contabilidade, postos de combustível, assessoria jurídica, anúncios em jornais e outros.

Compartilhar nas redes sociais