< Voltar

Profissionais da segurança pública começam a receber vacina contra Covid-19

Publicada dia 05/04/2021 às 14:53:21

profissionais-da-seguranca-publica-comecam-a-receber-vacina-contra-covid-19


Hoje, 5, aconteceu o início da vacinação dos profissionais das forças de segurança de todo o Estado de São Paulo contra o coronavírus.

“A partir de hoje, começam a ser vacinados 180 mil profissionais de segurança em todo o Estado de São Paulo. São profissionais da ativa das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica, Corpo de Bombeiros, Agentes Penitenciários, Guardas Civis Metropolitanos, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e da Fundação Casa. Em 10 dias, praticamente todos desta população dos profissionais de segurança estarão vacinados”, disse Doria.

A campanha ocorre com uma grande operação logística montada para a distribuição de cerca de 180 mil doses de vacina, que foram disponibilizadas aos agentes em mais de 80 unidades da Polícia Militar no Estado. O objetivo da medida é evitar aglomerações nos postos públicos de saúde, onde prossegue a campanha de vacinação para o restante da população.

A vacinação é exclusiva aos profissionais da ativa das instituições, com exceção daqueles que não atendem aos critérios médicos estabelecidos pelas autoridades de saúde, como gestantes, lactantes, ter tido a COVID-19 há 30 dias ou menos. Para receber a imunização os profissionais de segurança podem fazer um cadastro prévio pelo site https://vacinaja.sp.gov.br. O registro, porém, não é obrigatório.

Profissional de Santa Cruz do Rio Pardo já estão sendo imunizados.

Prevenção e cuidados

Desde o início da pandemia, a Secretaria da Segurança Pública adota todas as medidas necessárias e recomendadas pelas autoridades de saúde para garantir a proteção dos agentes contra a COVID-19. Mais de R$ 27 milhões foram investidos na aquisição e distribuição de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), como máscaras, luvas, aventais descartáveis, álcool gel, face shield para os servidores e agentes de segurança, além da higienização dos ambientes de trabalho, viaturas e laboratórios.

Todo policial com suspeita ou diagnóstico da COVID-19 foi ou está devidamente afastado, conforme orientações médicas. A Secretaria da Segurança Pública acompanha o quadro clínico, fornecendo todo o suporte necessário para a recuperação de seus agentes.

Compartilhar nas redes sociais