Jornal Atual
< Voltar

Cão é esfaqueado no ânus no Jardim Europa

Publicada dia 12/10/2020 às 10:33:36

Reprodução

cao-e-esfaqueado-no-anus-no-jardim-europa

Diego Singolani


No último domingo, 4, um animal de rua foi vítima de uma atrocidade no Jardim Europa, em Santa Cruz do Rio Pardo. Um cão, conhecido da vizinhança, foi encontrado por uma criança com uma faca de serra presa no ânus. Debilitado, com um grande sangramento interno, o cachorro foi socorrido quase morto por um veterinário. Após delicada cirurgia, o animal está se recuperando bem e deve ser encaminhado para a adoção. O caso foi denunciado à Polícia.

Moradores da região estão procurando imagens de circuitos de segurança que possam ajudar com pistas sobre a autoria do ataque. De acordo com o médico veterinário Kaio Sérgio, que atendeu o animal, a facada deve ter ocorrido na madrugada de sábado para domingo. Por volta das 16h do dia 4, um garoto que ajudava a cuidar do cão, foi até o local onde o animal costumava ficar para alimentá-lo. A criança percebeu que o cachorro estava prostrado, sem se mexer, e com muita sujeira na parte traseira. “Quando o garoto entendeu o que estava acontecendo, viu que era uma faca no ânus do animal, ele puxou, no susto, com a intenção de ajudar”, afirma o veterinário, que foi acionado minutos depois para prestar socorro. 

O cão de porte médio, com aproximadamente 12 kg, sem raça definida, sofreu um corte de 15 centímetros. “O animal estava anêmico, teve um grande sangramento intra abdominal. Precisou passar por transfusão sanguínea. Tivemos que reconstruir a parte final do intestino e o anus”, explicou Kaio Sérgio. “Não há a menor hipótese de acidente. Foi um crime”, afirmou o veterinário.

O ataque ao animal de rua foi denunciado à Polícia Civil. Os próprios vizinhos, que ajudavam a tratar do cachorro, estão empenhados em encontrar alguma imagem de segurança que ajude a chegar ao responsável por tamanha crueldade. Eles também colaboraram com parte das despesas do atendimento ao cachorro e o restante foi custeado pelo próprio veterinário. O animal se recupera bem e o próximo passo é encontrar um lar onde ele possa viver com dignidade.

Lei Sanção

A Lei 14.064, batizada de Lei Sansão, que aumenta a pena para quem maltratar cães e gatos, entrou em vigor no último dia 30 de setembro. Agora, a prática de abuso, maus-tratos, ferimento ou mutilação dos bichos de estimação será punida com reclusão de dois a cinco anos, além de multa e proibição de guarda. O  nome Sansão foi a uma homenagem a um cão da raça pitbull vítima de mutilação em Minas Gerais. 

Compartilhar nas redes sociais