Jornal Atual
< Voltar

Vendas do Dia dos Pais devem aquecer comércio

Publicada dia 07/08/2021 às 10:48:02

Thaís Balielo

vendas-do-dia-dos-pais-devem-aquecer-comercio

Thaís Balielo


O Dia dos Pais será celebrado no próximo domingo, 8, e o comércio está apostando em boas vendas para a data. Esta será a primeira data comemorativa desde o início da pandemia com horário de funcionamento do comércio normal no Estado de São Paulo, com isso, a expectativa dos lojistas é de alta nas vendas, puxada pela compra de presentes como vestuário, calçados, acessórios, itens de menor valor como canecas e relógios, e até refeições por delivery. Além da flexibilização do horário de atendimento, as vendas devem ser impulsionadas pela recuperação da confiança do consumidor.

A Associação Comercial de Santa Cruz do Rio Pardo acredita que a data seja a oportunidade do varejo iniciar recuperação financeira. A entidade argumenta que o mês de julho fechou em alta pelo terceiro mês consecutivo, o que demonstra que a recuperação está mais próxima para o setor, de acordo com dados do Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), indicador com amostra da Boa Vista SA, que registraram elevação de 21,3% sobre Junho deste ano.

No comparativo entre julho deste ano com julho de 2020, a alta é ainda maior: 37,8%. No acumulado do ano, o avanço é de 7,4%. Ainda assim, o setor não se recuperou das perdas. Confrontados, julho deste ano com o de 2019, época sem pandemia, as vendas permanecem -27,3%.

“A minha expectativa como lojista é a melhor possível. Santa Cruz tem diferencial com grandes empresas fortes que empregam. Daqui para frente as vendas vão melhorar bastante. O povo está com mais confiança para sair para comprar com redução da pandemia e aumento da vacinação. É importante lembrar que o comércio sempre seguiu os protocolos sanitários e todos os cuidados na prevenção do avanço da pandemia”, argumenta Artur Araújo.

Representante de uma perfumaria, Michele de Lima Nunes, está acreditando em aumento de vendas para a data. Ela revela que o aquecimento nas vendas começou na quinta-feira e a expectativa era de maior movimento na sexta-feira e neste sábado, 7, pois as pessoas deixam para a última hora. “O que mais vende é perfume, mas temos os kits que são uma excelente opção para os pais. Temos presentes a partir de 29,90, vai desde o presentinho ao presentão, para todos os bolsos. Ano passado estava bem mais parado com o comércio com limitações de entrada”, argumenta.

Em uma loja de roupas masculinas, a vendedora Rosana Teixeira revela que sentiu um grande aquecimento desde o início da semana. “Povo está se sentindo mais seguro para sair às ruas e comprar. Queremos uma venda mais próxima aos patamares de 2019, pois 2020 estava quase tudo fechado. Já veio muita gente comprar e outros deixaram reservados os fizeram encomendas. Vende muito camisas gola polo e conjuntos de roupas iguais para pai e filho”, revela.

Compartilhar nas redes sociais