< Voltar

Décimo terceiro chega para aliviar contas de trabalhadores

Publicada dia 21/12/2020 às 15:31:34

Thaís Balielo

decimo-terceiro-chega-para-aliviar-contas-de-trabalhadores

Thaís Balielo


O final de ano se aproxima e com ele chega um alívio financeiro para muitos brasileiros: o 13º salário. Em um ano atípico, consequência da pandemia do novo coronavírus, muitas famílias viram as contas de casa apertarem e aguardam ansiosas pelo benefício.

Especialistas recomendam que o dinheiro seja usado para uma reserva, principalmente em um ano de incertezas que será 2021. É importante lembrar que o início do ano acompanha uma série de gastos como IPVA, IPTU, matrícula de escola, material escolar, e uniforme escolar.

A regra determinada pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) é que o 13º salário seja dividido em duas parcelas, e a primeira tem que ser depositada até o fim de novembro. A parcela final deve ser paga até o dia 20 de dezembro (também pode ser antecipado caso a data caia num final de semana ou feriado). O valor restante é pago, descontando contribuições sociais, como: Previdência Social, e Imposto de Renda.

Fala Povo

Vendedora Letícia Franciscon, 17

“Comecei no meu primeiro emprego de carteira assinada em setembro e já recebi o 13º proporcional, mas já vai ajudar para comprar algum presente. Moro com meus pais e não tenho tanto gasto, então dá para comprar algo”.

Vendedor, Amauri Junior, 27

“Sempre uso o 13º como uma reserva, tanto para pagar contas atrasadas ou reservar para os impostos de início do ano. Também dá para separar alguma coisa para comer fora ou comprar algo”

Operadora de máquinas, Graciele Aparecida de Jesus, 41

“Não dá muito para se presentear este ano, usarei mais para pagar contas e guardar. Todo ano acabo gastando com presentes, ou para passear, mas este ano quero guardar, para ter mais segurança com essa pandemia. Pretendo economizar”

Caixa de posto, Ana Paula de Melo, 39

“Vou usar mais para pagar conta e guardar um pouco para uma reserva de segurança e para comprar presentes”.

Auxiliar administrativo, Luiz Eduardo Simão Frassan, 20

“Já recebi todo o 13º e o dinheiro é uma boa ajuda. Todo ano costumo usar para comprar presentes e viajar, mas agora vai sobrar para guardar, pois não dá para viajar com essa pandemia”

Compartilhar nas redes sociais