< Voltar

Vacinação contra pólio ainda não atingiu meta

Publicada dia 23/11/2020 às 15:20:09

Thaís Balielo

vacinacao-contra-polio-ainda-nao-atingiu-meta

Thaís Balielo


As campanhas de vacinação contra a poliomelite, para crianças entre um ano e menos de cinco, e de multivacinação foram prorrogadas até o dia 30 de novembro em todo o estado de São Paulo, a fim de aumentar a cobertura vacinal e atualizar a caderneta de vacinação. Em Santa Cruz do Rio Pardo a enfermeira coordenadora da vigilância epidemiológica, Ana Carolina Mariano da Silva, relatou que já foram vacinadas 75,13% das crianças desde o dia 5 de outubro, quando a campanha começou. A meta é vacinar 2.384 crianças, totalizando 95%.

Também chamada de paralisia infantil, a pólio é uma doença causada pelos tipos 1, 2 e 3 do poliovírus, que não tem cura e é altamente contagiosa. Ela acomete principalmente crianças até os 5 anos de idade, mas também pode infectar adultos que não foram imunizados. As manifestações graves da doença podem causar paralisia e levar à morte. Para prevenir, não há outra opção, senão a vacina, que deve der ministrada em todas as crianças menores de 5 anos.

De acordo com o governo estadual pelo menos 1 milhão de crianças ainda precisam tomar a vacina contra a pólio, para alcançar 95% do público-alvo definido na campanha. Até o dia 12 de novembro, apenas 1,1 milhão delas haviam sido vacinadas, atingindo uma cobertura de 52,4%.

Já na campanha de multivacinação, o objetivo é completar as cadernetas com os 14 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças: BCG (tuberculose); rotavírus (diarreia); poliomelite oral e intramuscular (paralisia infantil); pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, Haemophilus influenza tipo b – Hib); pneumocócica; meningocócica; DTP; tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola); HPV (previne o câncer de colo de útero e verrugas genitais); além das vacinas contra febre amarela, varicela e hepatite A.

Em Santa Cruz, até quinta-feira, 19, compareceram 681 crianças de 0 a 1 ano para a multivacinação e 1.114 de 5 a 14 para atualizar a carteirinha. 

Compartilhar nas redes sociais