< Voltar

Coelho não é brinquedo e demanda muitos cuidados

Publicada dia 03/04/2021 às 10:57:25

Thaís Balielo

coelho-nao-e-brinquedo-e-demanda-muitos-cuidados

Thaís Balielo


Com a proximidade da Páscoa não é apenas chocolates que disparam nas vendas. Muitas crianças, vendo a ligação do período com o “coelhinho da páscoa” acabam pedindo aos pais para terem o animal como pet. Para agradar os filhos, muitos pais presenteiam com coelho, mas esquecem de que o animal demanda muitos cuidados e pode viver até oito anos.

Na Agropecuária Estação eles criam e vendem coelhos. Cláudia Chavati revela que faz quatro anos que vendem coelhos. Ela afirma que as vendas ocorrem o ano todo, mas afirma que a venda aumenta neste período, principalmente para crianças.

Ela explica que animal pode ficar solto dentro de casa, dorme na cama, igual cachorro ou gato, mas é importante ter cuidado de telar a casa para não fugir. Come ração especial para coelho, e verduras como couve. O animal também é sensível a friagem e a temperaturas muito elevadas. “Não pode derrubar, não pode pegar pela orelha, tem que orientar bem a criança sobre os cuidados. Também tem que tomar cuidado para não arranhar a criança, tem que segurar as patas de trás, como se fosse sentado”, explica.

O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CRFMV) alerta para a compra consciente de animais e destaca alguns cuidados que os coelhos exigem: os animais devem ter um espaço generoso em casa para que possam circular. Caminhar é importante para manter o trato digestivo do animal. Além disso, coelhos que ficam presos por muito tempo podem se tornar ariscos.

Os coelhos devem ser sempre supervisionados para evitar acidentes, pois são propensos a roer fios variados, comer plantas tóxicas e a sofrerem traumas, já que são agitados e costumam se debater.

É importante que o tutor disponibilize sempre brinquedos apropriados para que o coelho possa roer. Pensando no bem-estar do animal, o CRFMV lembra que os coelhos são animais silenciosos, portanto, evite deixá-los em locais com muito barulho.

É importante fazer a higienização diária do local onde o coelho irá ficar, para preservar a saúde do animal e evitar doenças. As gaiolas de arame (metal ou ferro) e o contato direto com a urina podem causar lesões nas patas do animal. Também para cuidar da higiene, o pelo do animal deve ser escovado todos os dias com uma escova de cerdas macias.

A família de roedores e todas as suas espécies, desde o mais pequenino ratinho a uma capivara, precisam roer ou mastigar para manter os dentes em boa ordem. A ração apropriada deve ser dada em menor proporção na dieta. Já folhas verde-escuras, como almeirão, escarola, rúcula e couve, são a maior parte da dieta, para um equilíbrio do crescimento e desgaste correto do dente.

Compartilhar nas redes sociais