< Voltar

Bebê de cinco meses é mais novo paciente a morrer com Covid

Publicada dia 19/04/2021 às 18:20:26

bebe-de-cinco-meses-e-mais-novo-paciente-a-morrer-com-covid

Thaís Balielo


Um bebê de cinco meses com hidrocefalia e positivo para Covid-19 morreu no último sábado, 17. A morte não chegou a entrar na somatória de mortes por covid no município até o fim da tarde desta segunda-feira, 19, e causou estranhamento nos familiares. A bebê Pietra Montessi Gomes foi enterrada em caixão lacrado e sem direito a velório.

Apesar do atestado citar a infecção pelo novo coronavírus, a causa principal seria atribuída a hidrocefalia e anencefalia como explicou por nota a Assessoria de Imprensa do Município.

Segue nota da Secretaria de Comunicação:

A Santa Casa de Misericórdia informou que a criança em questão nasceu com anomalia congênita, com diagnóstico de Anencefalia e Hidrocefalia. Pacientes com Anencefalia têm, infelizmente, um prognóstico de vida curto.

A criança não apresentou sintomas gripais, apenas febre e o exame PCR foi realizado devido à membros da família estarem positivos para Covid-19. O resultado no dia 3 de abril apontou Covid-19 detectável na mostra enviada para o Instituto Adolfo Lutz.

Sendo assim, apesar de constar no atestado de óbito, a causa mortis determinante não foi a Covid-19. Neste cenário, todo o protocolo determinado pelo Ministério da Saúde para óbitos com PCR positivo há menos de 20 dias foi seguido para o sepultamento, a fim de assegurar a salubridade dos colaboradores da funerária, profissionais do cemitério e familiares.

Entretanto, o atestado de óbito que chegou para a Secretaria de Saúde nesta segunda-feira, 19, às 16h, consta a Covid-19, mesmo essa não sendo a causa determinante para a morte. Sendo assim, o caso integrará as estatísticas da Covid-19 no Município.

A Prefeitura salienta que é firme no compromisso de manter a população informada, uma vez que entende que existe somente essa forma de trabalho, com transparência e responsabilidade.

Compartilhar nas redes sociais