Jornal Atual
< Voltar

Consumidor deve ficar atento às fraudes durante Black Friday

Publicada dia 22/11/2021 às 15:03:28

consumidor-deve-ficar-atento-as-fraudes-durante-black-friday


A Black Friday acontece uma vez por ano, quando lojas físicas e online oferecem descontos em produtos. Todos os anos, a Black Friday acontece na última sexta-feira de novembro e, no caso de 2021, cairá no dia 26. É uma época que muitos consumidores esperam para aproveitar descontos e comprar algo que estavam desejando, porém também é uma época que muitos também aproveitam para dar golpes ou enganar o consumidor. Por isso, é preciso ficar atento. Deolinda Menoni do Procon de Santa Cruz do Rio Pardo falou com o Atual sobre o assunto.

Atual – É uma época que ocorrem muitas reclamações, fraudes, golpes?

Deolinda Menoni – Sim, a partir de outubro normalmente, porque se inicia o mês do consumidor que se comemora em outubro, segue novembro: Black Friday e emenda com dezembro mês de compras de natal (de fim de ano). 

Atual – Como se prevenir?

Deolinda – Faça pesquisa antes de efetuar a compra ou contratação do serviço, o ideal é um orçamento em até três empresas, nunca compre através de links recebidos por aplicativos ou redes sociais, o ideal para compras ou contratações online é que o consumidor faça a compra através do site da empresa onde conste o CNPJ, endereço físico e telefone fixo, não se esqueça também de pesquisar o CNPJ para saber se está ativo e ainda consultar se a empresa tem reclamações, pode ser através do site www.procon.sp.gov.br  (no menu Sites não Confiáveis). Nunca forneça dados pessoais por telefone, ou redes sociais, e nunca revele senhas de cartões, ao efetuar pagamento de boletos verifique antes se no boleto consta os dados da empresa de onde comprou, se tiver em nome de terceiros (pessoa física) desconfie. E lembre-se ao receber proposta de auxílio em agência bancária para operação em caixa eletrônico: muito cuidado em solicitar auxílio à terceiros. Não se esqueça: Não existe dinheiro de graça! Se você identificar depósito de dinheiro em sua conta bancária que você desconhece, não saque, pode se tratar de empréstimo sem autorização, abra uma reclamação junto aos canais de atendimento do Banco e se não for atendido procure o Procon.

Atual – Quais os sinais para ficar atento?

Deolinda – Facilidades como ofertas duvidosas, abaixo do valor de mercado, facilidades de empréstimo sem consulta aos órgãos de protestos e ainda facilidades em oferecer auxílio no caixa eletrônico por pessoas não credenciadas pelo Banco. Desconfie. Facilidades e vantagens pode ser um risco para o consumidor. Golpistas se aproveitam da vulnerabilidade do consumidor naquele momento. 

Atual – Quais os ramos que geram mais reclamações?

Deolinda – Financeiras, Bancos, Operadoras de telefonia, (Assuntos Financeiros e Serviços Essenciais) neste momento ainda de pandemia. São boletos falsificados, empréstimos não reconhecidos, telemarketing (aquelas ligações que o consumidor não aguenta mais), serviços como seguros adicionados a cartões de loja e crédito, sem autorização do consumidor. 

Atual – O que fazer se cair em um golpe ou se sentir lesado de alguma forma?

Deolinda Menoni – Procurar os Órgãos de Justiça como o Procon e outros, faça sua reclamação. Lembrando que o consumidor pode efetuar sua reclamação através do site: www.consumidor.gov.br ou ainda comparecer ao Procon Municipal, ou ainda ligar no telefone do Procon: 3332-1019 para sanar dúvidas. Para cadastrar suas linhas telefônicas e não receber mais aquelas ligações rotineiras de telemarketing que tira o sossego é só cadastrar-se através do site: www.proconsp.gov.br no espaço NÃO ME LIGUE.