Jornal Atual
< Voltar

Atividade física durante isolamento melhora a saúde física e emocional

Publicada dia 20/04/2020 às 10:21:15

Arquivo Pessoal

atividade-fisica-durante-isolamento-melhora-a-saude-fisica-e-emocional

Diego Singolani


Uma das principais dificuldades durante a quarentena é manutenção da rotina de atividades físicas. Com as academias fechadas por determinação do Poder público, algumas pessoas ainda realizam seus exercícios ao ar livre, apesar da atitude ser controversa já que não há uma posição clara das autoridades se isso pode ou não aumentar o risco de infecção pela Covid-19. O que se sabe com certeza é que adaptar a rotina de treinos ao ambiente doméstico, quando possível, é a decisão mais segura. Além disso, manter-se ativo ajuda a minimizar os efeitos negativos do isolamento, inclusive no aspecto psicológico. O Atual conversou com educador físico e personal trainer Guilherme Lourenço Alves sobre o assunto. Confira a seguir os principais trechos da entrevista: 

Atual - Quais os benefícios físicos e emocionais da atividade física?

Guilherme Lourenço Alves - Os exercícios físicos, quando praticados de maneira correta e respeitando o limite individual de cada pessoa, trazem muitos benefícios ao corpo e a mente do praticante. Pensando em benefícios físicos, é válido ressaltar a redução significativa em problemas no coração, diabetes, osteoporose, hipertensão e obesidade, além de uma melhora no sistema imunológico. Além disso, a prática de atividade tem um importante fator emocional, onde atua contra a depressão, controle de estresse e ansiedade, ocasionando a melhora da autoestima e a produtividade em atividades do cotidiano.

Atual - As pessoas tendem a comer mais e se movimentar menos durante a quarentena. Que consequência isso por trazer?

Guilherme - A quarentena acabou gerando um impacto na rotina das pessoas. Além disso, elas perderam algumas atividades rotineiras como o futebol com os amigos, a corridinha pela rua e até mesmo o uso de uma academia. Com isso, a pessoa que se movimenta pouco durante esse período tende a diminuir o gasto calórico do metabolismo, contribuindo assim para o ganho das gordurinhas indesejáveis. Esse ganho de peso pode desencadear vários problemas a saúde como hipertensão, doenças cardiovasculares e o desenvolvimento de diabetes. Para evitar essas consequências, deve-se levar muito em conta os hábitos alimentares e a prática de exercícios físicos dentro de casa, lembrando sempre de procurar um profissional capacitado para auxiliar.

Atual - Entre os grupos de riscos, temos os idosos. Quais os benefícios e que tipo de atividade eles devem realizar?

Guilherme - O exercício físico na terceira idade é muito importante para que haja uma manutenção significativa nos sistemas do nosso corpo, principalmente o sistema imunológico para enfrentar o período que estamos vivendo. Recomenda-se que o exercício físico nessa idade seja acompanhado por um profissional capacitado para respeitar a individualidade e para ser realizado com segurança, uma vez que os idosos estão mais propícios à queda. Normalmente os exercícios são mais leves, simulando movimentos naturais do cotidiano, sem cargas elevadas e com a finalidade de manter os músculos e a força por um período maior, uma vez que nessa fase existe um declínio muito grande em ambos.

Atual - Gostaríamos que você desse algumas dicas de como manter uma rotina de treinamento dentro de casa.

Guilherme - Manter uma rotina em casa não é tão fácil quanto parece. Devemos ter uma preparação psicológica antes. Costumo orientar os alunos a definir um horário fixo para o treino, colocar uma roupa própria para a prática, procurar realizar os exercícios sempre da forma correta e principalmente deixar o celular de lado. É claro, que todo treino deve ser realizado com um respaldo de um profissional de educação física. Faço ainda o alerta de que a internet fornece muitas informações, ainda mais com essa procura alta devido à quarentena, mas devemos saber muito bem onde pesquisar para que possamos aproveitar o exercício da melhor forma.

Compartilhar nas redes sociais