< Voltar

Com discurso de “mães do povo”, ex-primeiras damas lançam pré-candidatura

Publicada dia 29/06/2020 às 10:31:03

Isadora Iaroseski

com-discurso-de-maes-do-povo-ex-primeiras-damas-lancam-pre-candidatura

Renan Alves


Pela primeira vez na história, São Pedro do Turvo terá mulheres concorrendo à eleição para prefeitura neste ano. As ex-primeiras damas Rosileni Rotiroti (PSD) e Marilda Rodrigues Di Bastiani (PT) se uniram e realizaram o lançamento da pré-candidatura em entrevista exclusiva ao Atual.

A chapa é formada por integrantes da oposição ao atual governo e por ex-aliados do prefeito Marcos Pinheiro, que se dizem enganados e insatisfeitos com a postura do político. “Ele se tornou outra pessoa do que apresentava ser nas campanhas, por isso todo o apoio que meu marido (José Carlos Damasceno) tem está concentrado em nosso grupo”, ressaltou Rosileni.

A pré-candidata à vice, Marilda, cumpre seu primeiro mandato como vereadora na Câmara Municipal. Rosi, por sua vez, já foi Secretária de Comunicação de São Pedro do Turvo. “Por isso afirmamos que temos um histórico de administradoras. O povo precisa de alguém que cuide deles, e nós somos mães, somos mulheres, somos protetoras. Os filhos procuram sempre as mães quando precisam de ajuda”, afirmou Rosi, já antecipando como será o discurso durante a campanha eleitoral.

A dupla lamentou algumas atitudes tomadas pelo atual prefeito. “O salários dos funcionários públicos estão totalmente defasados, tem grupos sendo perseguidos, como por exemplo, na garagem municipal que perderam cozinha e até o wi-fi. A infraestrutura do município vai dar muito trabalho porque nunca recebeu a atenção necessária, alguns medicamentos simples estão em falta na Saúde do município. A cidade possui quase dois mil quilômetros de estradas rurais, e estão abandonadas e o maquinário que cuida disso está em situação precária”.

Rosi e Marilda também denunciaram o uso da máquina pública por parte de Marcos Pinheiro para obter vantagens pessoais. “Meu marido é o fundador da cavalgada no município. Em uma delas, um ônibus foi solicitado ao prefeito para transportar os participantes e ele afirmou que só concederia se pudesse discursar no evento”, disparou Rosi.

Compartilhar nas redes sociais