< Voltar

Bancada da situação já fala em destituição de Pinhata

Publicada dia 11/06/2019 às 09:18:42

Renan Alves

bancada-da-situacao-ja-fala-em-destituicao-de-pinhata

A bancada de vereadores da situação já está falando nos bastidores da política local em uma destituição do presidente da Câmara, Paulo Pinhata (MDB), ou seja, retirar o cargo de autoridade máxima do vereador. O assunto foi levantado pelos próprios vereadores, várias vezes, nesta semana em diversos órgãos de imprensa. Segundo a rádio Difusora, até vereadores da oposição estudam a possibilidade.

Vereadores como Marco Valantiere (PL), Edvaldo Godoy (DEM) e Cristiano Miranda (PSB) afirmaram estarem descontentes com o trabalho que está sendo realizado na Câmara por Pinhata. Principalmente, por existir favorecimento aos vereadores da oposição e falta de ‘pulso firme’ diante de manifestações e reclamações. “A Câmara possui hoje dois presidentes”, afirmou Miranda insinuando que Severo também comanda a Casa.

Para Marco, já passou da hora de Pinhata ter mais atitudes. “Tem coisas passando que só favorecem um, por que pra um pode pra outro não?” indagou pedindo mais ‘pulso’ do presidente. Valantiere afirmou que reunirá os vereadores para solicitar providências por parte de Pinhata.

Em resposta, Paulo afirmou que não se arrepende de estar como presidente e disse que está aprendendo muito. “Eu respeito os vereadores e eles me respeitam, mas o importante na política é não ter o rabo preso, não ter vínculos com poder público, não ser manipulado. A liberdade não tem preço”, pontuou.

Para a Band FM, Pinhata foi mais enfático que afirmou que a Câmara não é um ‘puxadinho da prefeitura’. “Estão tentando me derrubar, estou sofrendo perseguições diabólicas, mas a população sabe que se eu sair, tudo que vier para votação será colocado ‘goela abaixo’ no povo”, exclamou. Para Pinhata, a ideia de destituí-lo está surgindo de ‘vagabundos’ e ‘larápios’.

Compartilhar nas redes sociais