< Voltar

Autoridades garantem punição para envolvidos em Caso Sueli Feitosa

Publicada dia 11/06/2018 às 11:33:54

Jornal Atual

autoridades-garantem-punicao-para-envolvidos-em-caso-sueli-feitosa

A população de Santa Cruz do Rio Pardo ficou chocada ao final do ano de 2016, quando em entrevista coletiva o prefeito Otacílio Parras Assis, divulgou que a então tesoureira do município, Sueli Feitosa, estaria desviando dinheiro dos cofres da Prefeitura Municipal, tendo um prejuízo de milhões de reais.

Desde então, várias perguntas ficaram no ar, como quanto foi desviado, se Sueli tinha cúmplices e quem iria preso, mas, estes questionamentos, segundo autoridades, poderão ser respondidos em breve. “Estamos trabalhando neste caso 24 horas por dia, tenho dois funcionários cuidando deste caso exclusivamente. Como foi decretado sigilo de justiça, não podemos passar muitas informações, mas como sempre afirmei, a população pode ficar tranquila, pois terá uma resposta”, disse o delegado chefe da Central de Policia Judiciária de Santa Cruz Renato Caldeira Mardegan, em entrevista ao Atual.

O delegado não quis dar um prazo para o final das investigações. “Não posso dar um prazo, pois cada dia que mexemos com documentos aparecem coisas novas que se referem a acontecimentos mais antigos, por isso, temos de fazer um trabalho bem paciente, para não errarmos em nada”. Ele também acrescenta que continua aguardando informações da prefeitura. “Já recebemos uma parte da documentação, que é da auditoria interna da prefeitura e estamos analisando. Da auditoria que foi contratada ainda não temos valores, houve um prazo para entrega da empresa contratada, mas houve uma prorrogação e com isso estamos aguardando”, concluiu.

Mardegan disse ser bastante questionado nas ruas sobre o caso, e mais uma vez garantiu que este caso não ‘terminará em pizza’. “As pessoas me perguntam nas ruas como estão as investigações, e claro, não posso passar informação para ninguém, o que posso garantir é que nosso trabalho está sendo muito técnico, transparente e criterioso, a população pode ter certeza de que não vai terminar em pizza, as pessoas que por ventura tenham praticado algum ilícito ou que tenham causado algum tipo de prejuízo ao erário público certamente serão punidas”, finaliza.

Câmara de Vereadores

O assunto Sueli Feitosa voltou a ser tema na Câmara de Vereadores na última segunda-feira, 4, quando foi lido um requerimento enviado pela prefeitura, informando que a empresa contratada para realizar uma auditoria sobre o desvio, teve prazo prorrogado até setembro para finalizar seu trabalho.

O vereador Edvaldo Godoy (DEM) usou a tribuna para falar sobre o assunto, mostrando sua decepção. “Nós estamos esperando respostas, a empresa foi contratada por quase R$ 100 mil, ela tinha um prazo, e agora teve uma prorrogação deste prazo. Compreendo que é um trabalho complexo, mas já se passou um ano e meio e ainda não sabemos ao certo a quantia que foi desviada”, falou o edil.

Edvaldo acrescentou que todo santa-cruzense espera a reposta deste caso, e que inclusive, é a pergunta que ele mais tem ouvido nas ruas, mas infelizmente não tem a resposta. “Eu e todos os vereadores somos cobrados, a gente até tenta informações com a justiça, com o Ministério Público, mas como foi decretado sigilo, quase não conseguimos respostas, o que esperamos é em breve ter nomes, respostas, o que não pode é acabar em marasmo e isso eu tenho certeza, não irá acontecer” finalizou.

Compartilhar nas redes sociais