< Voltar

Riopardense ganha pregão novamente e deve assumir o transporte universitário

Publicada dia 11/06/2018 às 17:13:38

Claudio Antoniolli

riopardense-ganha-pregao-novamente-e-deve-assumir-o-transporte-universitario

Na última terça-feira, 5, a Prefeitura Municipal realizou o terceiro pregão do transporte universitário, e a Viação Riopardense venceu novamente nas quatro modalidades em disputa, sendo elas, o transporte de alunos com ônibus e um micro-ônibus para Jacarezinho, e ônibus para Marília e Ourinhos. A empresa tem até a próxima terça-feira, 12, para entregar os documentos necessários, e iniciar os trabalhos no dia 18 de junho.

Após a desistência de algumas empresas no primeiro pregão e uma falha no segundo, o Secretário de Assuntos Jurídicos, Renato Alvim, acredita que desta vez está tudo regularizado e o município deverá ter uma definição sobre o assunto.  “Ficamos preocupados, pois, com essa crise e a alta constante dos combustíveis não sabíamos o que poderia acontecer, mas conseguiremos uma boa economia, e o município deverá economizar R$ 92.776 mil por ano com essa nova empresa”, finalizou Alvim surpreso com os novos preços.

A prorrogação de contrato que foi feito com a San Carlos, atual empresa responsável pelo transporte, termina na próxima sexta-feira, 15. “Se ocorrer algum problema na documentação da Riopardense, nós faremos uma nova prorrogação com a empresa atual, porém eu garanto que os universitários não ficarão sem transporte” pontuou o Secretário.

Pelos novos preços a prefeitura irá pagar R$ 6,90 por quilômetro com ônibus até Jacarezinho, e R$ 4,55 ao micro-ônibus para a mesma cidade no Paraná, já Ourinhos, onde são necessários sete ônibus, ficou R$ 4,55, e R$ 6,92 o quilômetro rodado para Marília.

O último pregão aconteceu de forma rápida, sendo que as demais empresas presentes deram poucos lances, e a empresa que faz atualmente o transporte público urbano venceu em todos.

Em entrevista ao Atual, Renato Alvim também falou em relação ao receio dos universitários à nova empresa, isso porque a Riopardense vem recebendo muitas reclamações em relação às condições de seus veículos no transporte público. “A licitação faz várias exigências, estaremos atentos em relação aos cumprimentos destes itens, os estudantes e familiares podem ficar tranquilos” finalizou.

Compartilhar nas redes sociais