Jornal Atual
< Voltar

Comerciantes esperam crescimento nas vendas do Dia das Crianças

Publicada dia 09/10/2018 às 12:33:20

Thaís Balielo

comerciantes-esperam-crescimento-nas-vendas-do-dia-das-criancas

As vendas de brinquedos para o dia das crianças vêm trazendo esperança de crescimento para os comerciantes. Em 2017 o crescimento nas vendas nesta época foi de aproximadamente 3%. Alguns empresários no ramo de brinquedos de Santa Cruz do Rio Pardo esperam o crescimento entre 5 e 10% para este ano.

O comerciante Artur Alberto Andrade Araújo explicou que ainda não sentiu o aumento nas vendas, pois as pessoas deixam para comprar nos últimos dias. Araújo espera um crescimento de 5% nas vendas em relação ao ano anterior. Ele também calcula que o gasto médio por cliente será na faixa de R$ 60 a R$ 150. “Esta turbulência política não vai afetar muito as vendas. Criança não liga para política”, brinca.

O comerciante lembra que no Dia das Crianças o que mais se vende são brinquedos. Araújo argumentou que a comemoração é a segunda melhor data do ano para os comerciantes que trabalham com brinquedos. O campeão é dezembro. “As crianças querem os brinquedos da mídia. Tanto o que aparece na TV quanto os que os youtubers indicam. O que eles falam, vende”, afirma.

A comerciante Josimara Negrini Garcia espera um crescimento de 10% nas vendas em outubro. Ela acredita que a venda de brinquedos em outubro se soma a venda de flores para o finados e início das vendas de enfeites de natal e deve compensar a defasagem dos outros meses.

Ela lembra que o forte das vendas são os brinquedos que aparecem na internet, mas que entre o público de até 4 anos, ainda querem os brinquedos tradicionais como bolas e bonecas. “Trago bastante peões de madeira, mola maluca, brinquedo vai e vem, para estimular a brincadeira sadia, não só o eletrônico. A gente insiste em colocar o brinquedo tradicional para que não fique esquecido. O pai brinca junta e por alguns minutos eles esquecem o celular”, acredita.

Compartilhar nas redes sociais